Baía da Traição – PB: camping, surf e natureza em terras indígenas

9 de maio de 2019 3 Comentários
Baía da Traição - PB

Baía da Traição – PB: camping, surf e natureza em terras indígenas

9 de maio de 2019 3 Comentários

Não poderíamos deixar de relatar esse fim de semana muito especial em família, entre amigos, com surf e muita natureza! Três dias em um camping dentro da aldeia indígena Alto do Tambá, na cidade de Baía da Traição – PB, tudo que precisávamos para voltar às atividades com as energias recarregadas.

A Cidade

Baìa da Traição é um município pequeno, no litoral norte da Paraíba, que contém cerca de 90% das terras dentro de reservas indígenas dos Potiguaras. A cidade possui pousadas e restaurantes para os turistas, tudo simples, mas feito com capricho pela população local.  Praias lindas para todos os gostos. Algumas piscininhas naturais nas praias do centro, muitos picos de surf, e ainda rios deliciosos para se refrescar!

Reserva indígena, Baía da Traição - PB
Entrada da reserva indígena

Como chegar

De João Pessoa à Baía da Traição são aproximadamente 90 km, cerca de  1h e 30min de carro. A maior parte da viagem (60km) é feita pela Br 101, sentido Natal – RN, o percurso é tranquilo com a pista novinha e duplicada. Em seguida, entra em Mamanguape e segue as placas. Passa por algumas pequenas cidades, Rio Tinto e Marcação, com muitos quebra molas pelo caminho, então, esse trajeto não conseguem ser muito rápido e merece atenção redobrada! Saindo de Natal-RN, pela BR-101, são 120km no total.

Camping

Como o que a gente queria mesmo era sair da cidade e curtir a natureza com as crianças, optamos por ficar no Ibaté Camping, e foi uma escolha acertada! O lugar é lindo, dentro da aldeia indígena Alto do Tambá, com uma vista de tirar o fôlego e ainda uma certa estrutura que nos deixa mais confortáveis e tranquilos.

Área de barracas do Ibaté Camping
Ibaté Camping

A área conta com banheiros e cozinha compartilhados. A cozinha possui geladeira, fogão e utensílios para quem quiser preparar suas refeições no local. No espaço do camping há umas cabaninhas bem legais para armar as barracas embaixo, deixando-as  protegidas de sol e chuva. Além disso, possui palhoças maiores com bancos e mesas, que são maravilhosas para juntar todo mundo para uma boa conversa ou um churrasquinho, que foi o nosso caso 😉 Tem área para fogueira, Slackline, e um mirante que proporciona uma vista incrível da cidade e ainda dá para checar se está rolando onda nos picos de surf mais próximos!

Sim… os donos do camping, Estefanne e Diogo, são muito gente boa, receptivos e atenciosos. Para mais informações podem contactá-los pelo instagram: @ibatecamping

Chegamos na sexta bem cedo, então aproveitamos que só tinha a gente no lugar para curtir! Os meninos estavam muito animados com a montagem da barraca e loucos para explorar o lugar. Fim de tarde fomos fazer o surf, que não pode faltar! Bem perto do camping tem um pico de surf que a gente adora, as valas, e dá para ir a pé.

Cauê e Ian no Ibaté Camping, Baía da Traição - PB
Cauê e Ian nas palhoças

Passeios

A cidade tem diversos pontos interessantes, alguns legais para um registro, outros que dão vontade de passar o dia inteiro. Se você está com tempo, dá para se arriscar por conta própria. Mas se não quer perder tempo pegando caminhos errados (o que pode acontecer com facilidade), sugerimos contratar um passeio de buggy ou um guia. A maioria dos locais ficam nas aldeias com percurso em estrada de areia e pouco sinalizada. Inclusive, o pessoal do camping fornece o serviço de passeio de buggy ou de guia turístico.

Como já conhecíamos um pouco o local, resolvemos fazer sozinhos. Erramos algumas vezes, mas perguntamos a quem encontrávamos e deu certo. No sábado, tínhamos mais tempo, acordamos cedo e resolvemos conhecer o Rio do Gozo e a Boca da Barra. No domingo, após a saída do camping aproveitamos para uma parada rápida nos pontos turísticos para registro: Forte e Ruínas da igreja de São Miguel Arcanjo.

Artesanato da Aldeia do Galego

Pertinho do camping, para mostrar aos meninos e ver um pouco mais da cultura indígena, paramos na casa de Artesanato da Aldeia do Galego. A propriedade é liderada pelo pagé Antônio, uma figura alegre que recebe os visitantes de uma maneira bem peculiar, falando um pouco sobre a cultura indígena, frases em tupi-guarani e apresentando os artesanatos. Alguns itens são bem carinhos, mas dá para pechinchar e levar uma lembrança por um valor acessível.

Rio do Gozo

Já tínhamos visto fotos incríveis do local e ficamos com muita vontade de conhecer o Rio do Gozo. Não é tão perto do camping, uns 20 min de carro, a maior parte da estrada de terra e um pouco esburacada, mas vale a pena com certeza!

É um rio de águas transparentes, bem geladinho (para padrões do nordeste), e cheio de peixinhos. A Nascente é bem próxima, então a água é limpa! Não tem muita estrutura, só uma barraquinha vendendo água e algumas poucas opções de comida, se a ideia for passar mais tempo no local, é interessante levar lanche e um isopor com o que quiser beber. Achamos uma manhã tempo suficiente para aproveitar! Pagamos uma pequena taxa de R$2 por pessoa (adultos) para entrar.

Boca da Barra ( Rio Camaratuba)

Voltando do Rio do Gozo, fomos almoçar e conhecer o rio Camaratura. O rio Camaratuba é bem grandinho, a água é mais turva, devido à vegetação predominante (mangue), mas também uma delícia para banho.

O local possui algumas barracas vendendo artesanato além de restaurantes e bares à beira do rio, pé na areia mesmo. Por indicações escolhemos o Kiosque do Ronaldo para comer, o lugar é bem simples, mas muito limpo (isso eu observo bem) e baratinho. Apesar da simplicidade, a qualidade não deixou a desejar. Para vocês terem noção do quanto gostamos da comida e do ambiente, voltamos no outro dia para curtir e almoçar lá novamente! Comemos peixe, pirão, arroz, feijão e macaxeira, à vontade, tudo por R$15 por pessoa (adulto). Demais né? E de quebra o dono e sua família são super simpáticos e receptivos.

Do outro lado do rio fica a praia de Barra de Camaratuba, que também tem um banho gostoso no encontro do rio com o mar. Você pode atravessar de balsa para conhecer. A embarcação é pequena, comporta passageiros (R$5 ida e volta) e um veículo por vez (R$20 a travessia). Como já conhecemos Barra de Camaratuba, resolvemos não atravessar nesse dia. Mas se é sua primeira vez no local, vale a pena mais esse passeio.

Forte

Outro ponto turístico é o Forte da Baía da Traição. Na entrada da aldeia, lado direito, é possível ver um portal de cocar e alguns canhões, que foram construídos por Portugueses por volta do ano de 1625. Tem ainda uma estrutura bem organizada para restaurante e artesanato e uma vista linda de toda Baía. Uma parada rápida para apreciar a paisagem e fazer uma foto legal já é suficiente!

Ruínas da igreja de São Miguel Arcanjo

Saindo do forte, fomos conhecer as ruínas da igreja de São Miguel Arcanjo, que fica dentro da cidade, em um local de fácil acesso. O Google maps nos guiou direitinho até ela.

A igreja foi tombada pelo patrimônio histórico e artístico da Paraíba em 1980. Foi a primeira igreja construída pelos colonizadores, no início do século XVIII. O local é lindo e rende boas fotos. Mas ao mesmo tempo é triste ver o quanto ela está se deteriorando sem os cuidados necessários para mantê-la em boas condições.

Surf

A Baía da Traição é destino de diversos surfistas paraibanos. Há uma variedade de praias surfáveis que fazem a cabeça dos amantes do esporte. A maioria dos picos ficam em região de aldeia, mas você consegue chegar de carro numa boa. Claro, sempre respeitando os moradores locais. Os picos mais conhecidos são:

  • Bandeirinhas: pico mais próximo do centro da cidade, fora da área indígena;
  • Forte: como o próprio nome diz, fica em frente ao forte da Baía da Traição, na entrada da aldeia;
  • Valas e Tambá: ficam na aldeia Alto do Tambá, descendo a falésia por uma escadaria estreita, mas as ondas valem à pena. Para chegar você pode parar o carro na propriedade do page Antônio e deixar uma ajuda. Segue uma pequena trilha até a falésia onde encontrará a escadaria. Esses são os picos mais próximos ao Ibaté Camping (dá para ir andando tranquilo).
  • Jerimum: o mais afastado da cidade com ondas mais clássicas e abertas
Trilha para a descida da praia

Nós já tínhamos ido à Baía da Traição outras vezes, mas sempre com o intuito de passar o dia surfando e voltar para casa. Ficar esses três dias lá, e ter a oportunidade de conhecer mais um pouco do local e das pessoas foi maravilhoso. Ver as crianças brincando livres, na natureza, é uma coisa que sempre alegra o nosso coração!  

Fora a farra no camping ne? com direito a muita bagunça na barraca, futebol, surf, churrasquinho com os amigos, marshmallow assado para as crianças e um céu lindo e estrelado. Com certeza nos deixou com gostinho de quero mais, vontade de ficar vários dias de boa na lagoa! Kkk

Crianças comendo os marshmallows assados
Fim de semana, tá liberado o doce! 😀

Espero que tenham gostado do relato, que também tenha despertado a vontade sair para curtir uns dias de muita natureza, e que as dicas passadas sejam úteis.

Curtam e comentem. Nós adoramos trocar experiências!

3 Comentários

  • Luciano 9 de maio de 2019 at 22:04

    Perfeita a descrição dos locais, para quem não conhece bate uma vontade grande de desbravar essas belezas! Mto lindo o local

  • Jurema Josefa 13 de maio de 2019 at 18:17

    Oi Pessoal!
    Li sua matéria da Bahia da Traição, um local que estivemos e amamos. Gostei que vocês (a família toda) amam a natureza, o que temos de sobra no nosso Brasil!! Linda matéria!!
    Agradeço a referência a matéria que publicamos no blog http://www.juremajosefa.com.br e desejamos muitas viagens Boas!
    Jurema Josefa

    • Sol e Sales 13 de maio de 2019 at 19:48

      Obrigada Jurema! Sim, sempre buscamos conhecer lugares com bastante natureza envolvida. Também curtimos bastante seus relatos…

      Ótimas viagens para nós! 😉

    Deixe seu comentário

    Quem somos?

    Quem somos?

    Daniely, Bruno e dois filhos lindos: Cauê e Ian. Uma família comum, mas que, em meio à correria do dia a dia (trabalho, escola e outros afazeres) tenta não se acomodar e movimentar a vida com o que mais ama: viagens, surf, skate e aventura!

    Instagram

    • A programação foi para conhecer o @engenhotriunfo, mas como sempre, os passeios são adaptados para eles também aproveitarem e o papai encerrou a manhã no pedalinho! 😂😂😂
.
.
.
.
.
.
#engenho #engenhotriunfo #areiapb #paraiba #pedalinho #paidedois #caminhosdofrio
    • Estrelando: Ian e baleia! 😍😂😂😂
Fim de semana aproveitado com sucesso! Muita natureza, brincadeiras e nada de Tv e celular!🙌🏼
No vídeo e fotos, os dois com o novo brinquedo preferido, a gaita. Obrigada tio @janderneves pelo presente e pelo convite para conhecer esse lugar maravilhoso! ❤️
.
.
.
.
.
.
.
#areiapb #gaitadeboca #gaita #filme #vidaleve #brincadeiras #infanciafeliz #instakids #cachoeira #natureza #trilha #cachoeiradamanga
    • Conhecendo mais um lugar especial na nossa linda Paraíba!
A Cachoeira da manga, em Areia/PB. .
.
.
.
.
.
#areia #areiapb #caminhosdofrio #cachoeiradamanga #natureza #nature #cachoeira #goodvibes #familiaaventureira #viagememfamilia #paixaoporviajar
    • Quem disse que mãe de menino também não pira nos lookinhos lindos! 😍 
Ian todo no estilo para curtir o fim de semana! 😉
Mesmo com o cabelo todo bagunçado,depois de muita brincadeira, ainda tem uns cachinhos que se salvam. Kkkkk
.
.
.
.
.
.
#Ian #3anos #noestilo #modakids #instakids #lifestyle #todecacho #todecachosalonline #cachinhosdourados
    • Às vezes acho engraçado o quanto as pessoas me acham um poço de paz e tranquilidade! 😅 Tenho meus dias de cão como qualquer um... a diferença é que tenho certeza que eles vão passar. Não sou de remoer nada e muito menos de guardar mágoa ou rancor! Foco no que realmente importa, os momentos bons, com os bons! Família e amigos. Não tem erro!
❤️
.
.
.
.
.
#reflexao #zem #vidaleve #maededois #dani #litoralparaibano #jampa #joaopessoa #vivajampa #areiavermelha #melhoresdestinos
    • Uma semana abençoada para todos! 🙌🏼❤️
Muitas fotos lindas dessa viagem, não consigo parar de postar! 😅
.
.
.
.
.
.
#baiadatraicao #paraiba #litoral #litoralparaibano #aldeiaindigena #blogdeviagemcomcriança #melhoresdestinos #blog #instakids #mirante #ibatécamping
    • Post novoooo!
O registro desses três dias maravilhosos está pronto! Vai lá no blog dar uma conferida e se animar para curtir a experiência de acampar nesse lugar show, em terras indígenas, com muita natureza, surf, praias, rios... 🤗
Digam a gente o que acharam! Nós vamos amar interagir com vocês! ❤️
Na foto,Cauê e Ian explorando cada cantinho do @ibatecamping 
Link na bio!
.
.
.
.
.
#blog #blogdefamilia #blogdeviagem #blogdeviagemcomcriança #ibatécamping #baiadatraicao #instakids #irmaos #amor #aldeiaindigena #litoralparaibano #melhoresdestinos #atribodabella
    • Nossa terapia!
Terapia contra estresse, e até de casal, quando passamos horas juntos no mar, conversando... tudo se resolve! ❤️🌊 .
.
.
.
.
.
#surf #baiadatraicao #valas #terapia #surfbrasil #surfpb #fotografiadesurf #vidaleve #lifestyle
    • Leveza, beleza e alegria! Para inspirar a semana que se inicia! 🙏🏼❤️
.
.
.
.
.
.
.
#caue #5anos #instakids #criancafeliz #praia #almasolar #domar #familiaaventureira #vidaleve #goodvibes #barradocunhau #litoral

    Segue a gente!

    Segue a gente!

    Inscreva-se

    Assine nosso Blog

    Receba os novos posts por email.

    Categorias

    Lugares

    Comida Leve

    Tags

    ×